quinta-feira, 6 de março de 2008

SERTÃO MUNDO

Minha cidade
É o sertão
Que não tem portas nem janelas
O sertão é o mundo
A vastidão de terra seca
De cactos e gravatás
O sertão é a minha morada
Casa da cobra coral e da sucuriú
Onde
O vôo de um gavião
Confunde-se
Com o canto das cigarras
O sertão é o mundo
De canoas e canoeiros
De beatos e vaqueiros
De profetas e jagunços
Onde
O vôo do carcará
Confunde-se
Com o sibilar da cascavel
Minha cidade
É o sertão
Que não tem entradas nem bandeiras
Apenas o bafejo quente do vento
Acariciando
O corpo magro dos mandacarus
Enquanto
Um bando de ariris
faz acrobacias no céu

13 comentários:

Malu Freitas "JAYNNA MARAUSHA" disse...

MUITO LINDO POETA! FICO FELIZ POR ESTAR TE VISITANDO NESTE BLOG TÃO LINDO.
FICA CADA VEZ MAIS DÍFICIL ESCOLHER ENTRE SEUS POEMAS QUAIS OU QUAL MAIS BONITO.
AMEI E VOLTAREI SEMPRE.
BJS MALU FREITAS

Anônimo disse...

Evoé, Bento!
A internet acaba de ficar mais interessante. E inteligente.
Wesley

Déa disse...

Bentíssimo!!! Que todo o mundo possa conhecer e se emocionar com suas poesias assim como eu... Tenho orgulho de pertencer à mesma terra e ao mesmo tempo histórico que você... Que bom que o Grande Poder me concedeu essa graça! Beijo no coração, hoje, amanhã e depois de amanhã!!!!

Clóvis Campêlo disse...

Gostei do seu texto simples, linear e muito bonito.
Parabéns, poeta!
O sertão é tudo isso e muito mais.

Lyah disse...

Adorei seu blog...
Vc descreve a realidade dos fatos,isso é bom, lindo...

Lyah Pereira.

Lúcia Welt disse...

Este poeta magnífico em sua simplicidade exemplar, me deu a honra, de por um tempo, considerar-me sua Musa e me dedicar uma série toda de poemas que publiquei lá no meu blog. Mas parece que fui destronada... "neve d'antanho", e acabo de ver seus lindos versos evocativos do Vale Encantado dirigidos a outra, lá no Leia Livro... Paciência, tudo passa...

Luiz Alberto Machado disse...

Maravilha seu espaço, parabens!!! Estarei indicando nas minhas páginas, aguarde.
Abração & tataritaritatá!!!!
www.luizslbertomachado.com.br

Mariana disse...

Oi Bento!!!

Não sabe como é bom achar poetas aqui do Vale nesse mundo virtual.

é um imenso prazer manter contato com vc.

vou te linkar lá na minha página.
vamos espalhar vale do jequitinhonha por aí.

abraço

Mariana

Mariana disse...

mariad_07@hotmail.com

Mariana disse...

Bento, muito me alegra essas suas palavras.

Das coisas boas que a poesia me trouxe, uma delas foi permitir esse encontro de novos velhos amigos.

Anônimo disse...

Ei Cláudio.. Gostei muito do blog.. A coincidência é que só fui saber dele pelo Obra em Progresso.. Adorei te encontrar lá.. Muitos beijos.. Fábia

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Lindo poema! Tocou fundo...


Moisés Augusto

Elizangela disse...

Bento do Céu....
A sua poesia é a vida do Vale, entoada em versos.
Me avise quando for dar oficina literária, gostaria muito de participar. Abraços
Elizangela Alves.